PF apreende 74 kg de agrotóxicos ilegais no interior de Mato Grosso

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

A Polícia Federal apreendeu 74 quilos de agrotóxico contrabandeado em uma fazenda localizada em Tapurah, a 414 km de Cuiabá. A apreensão foi realizada nesta terça-feira (25) em uma operação de combate ao contrabando e falsificação de agrotóxicos. De acordo com a assessoria da Polícia Federal, os proprietários da fazenda foram indiciados por contrabando qualificado.

Ainda segundo a PF, a fazenda é produtora de soja e a administradora da propriedade afirmou que adquiriu o produto ilegalmente. Ela teria pago R$ 46 mil pelo material no mercado clandestino e disse ainda que já havia plantado 30 hectares de soja usando o agrotóxico. O agrotóxico, de acordo com a PF, foi encontrado em um dos cômodos da casa principal da fazenda, que possui galpão para guardar materiais e equipamentos e espaço de empregados.

Outra irregularidade encontrada pelo órgão foi a destinação incorreta das embalagens do agrotóxico usado na fazenda. Os fiscais encontraram as embalagens expostas, o que é proibido por lei. Os peritos da área de química do Serviço de Criminalística da Polícia Federal explicam que as análises do produto deverão determinar se o princípio ativo do agrotóxico está de acordo com o rótulo. Além disso, os exames laboratoriais vão verificar se as embalagens estão de acordo com a legislação.

Os proprietários da fazenda devem responder por destinação indevida das embalagens vazias de agrotóxicos e por exportação indevidamente de substâncias que oferecem risco à saúde humana. Somando todas as penas, se condenados, os proprietário da fazenda poderão pegar até oito anos de reclusão, além de pagamento de multa.

Fonte: G1