Ministra Izabella Teixeira ganha prêmio da ONU por ação ambiental

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

A ministra do Meio Ambiente do Brasil, Izabella Teixeira, recebeu na noite desta quarta-feira (18), em Nova York, o prêmio “Campeões da Terra”, destinado a líderes de governo, da sociedade civil e do setor privado que tiveram atuação ambiental destacável.

Na cerimônia, que teve apresentação da modelo brasileira Gisele Bündchen, Izabella disse que há necessidade de um diálogo entre o local e o global. “É necessário um diálogo, seja entre amigos, entre pessoas”, disse ela.

Em sua fala, a ministra disse que continua a trabalhar para reduzir o desflorestamento ilegal na Amazônia, além de estudar uma maneira sustentável de crescimento da economia do país. “É uma combinação difícil e não se pode explicá-la em pouco tempo. Mas é nisso que estamos trabalhando”, afirmou.

Também receberam o prêmio a ativista ambiental Martha Isabel Ruiz Corzo, do México, o comissário da União Europeia para o Meio Ambiente, Janez Potocnik, o fundador do movimento “Slow Food”, Carlo Petrini, além do vice-presidente do Google Earth, Brian McClendon.

Outros brasileiros já ganharam prêmio – O prêmio Campeões da Terra foi lançado em 2005. Cerca de 60 pessoas e organizações já foram homenageadas. A láurea ambiental é uma das mais importantes do Sistema ONU e é concedida pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma).

Entre os escolhidos estão o ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore, o ex-líder soviético, Mikhail Gorbatchev. Dois brasileiros também já foram condecorados: o empresário Fabio Barbosa, em 2011, e a ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, em 2007.

Fonte: G1