Agência lança site que reúne dados sobre a situação da água no Brasil

sábado, 21 de março de 2015

A partir desta sexta-feira, 20 de março, a Agência Nacional de Águas (ANA) lançará o site da Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil: conjuntura.ana.gov.br. O objetivo da página é apresentar as informações mais atuais sobre diversos aspectos do setor de recursos hídricos, consolidadas pela ANA, de forma simples e objetiva. No portal, há informações sobre seis grandes temas: quantidade de água, qualidade, usos do recurso, balanço hídrico, eventos críticos (secas e cheias) e gestão.

Em cada assunto, quem acessa a página tem à disposição mapas temáticos interativos ou metadados para auxiliar nas pesquisas. Com o site, a Agência atualizará as informações sistematicamente durante o ano e disponibilizará ao público as informações o mais atualizadas possível. O portal também oferece acesso às versões completas e aos informes anuais de atualização do relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil, publicação editada pela ANA desde 2009 e que traça um raio-X do setor.

Na seção sobre quantidade de água, há dados sobre chuvas entre 2012 e 2014 e a precipitação média no Brasil entre 1977 e 2006. O site também oferece dados sobre disponibilidade hídrica superficial e subterrânea. Sobre reservatórios, é possível checar dados sobre volume e capacidade, além do acesso ao Sistema de Acompanhamento de Reservatórios (SAR) da ANA. A página também disponibiliza dados sobre indicadores de qualidade da água e sobre as redes nacional e estaduais de monitoramento qualitativo.

No tema usos da água, os internautas podem visualizar dados das demandas consuntivas (que consomem o recurso) totais e também por finalidade de uso: animal, industrial, irrigação, rural e urbano. Sobre a irrigação, estão disponíveis dados sobre pivôs centrais mapeados, densidade de irrigação e de área irrigada municipal. O portal também oferece informações sobre a segurança hídrica no abastecimento urbano.

Com relação ao Sobre balanço hídrico, é possível visualizar as bacias e trechos críticos, que são as áreas especiais para gestão de recursos hídricos. Tanto o balanço quantitativo quanto o qualitativo possuem dados por bacia ou por curso d’água. O primeiro considera a relação entre demandas consuntivas e oferta hídrica, enquanto o segundo leva em conta a capacidade de assimilação de efluentes pelos mananciais. Na página também há um balanço quali-quantitativo, que considera ambos os fatores simultaneamente.

Informações sobre os municípios que decretaram situação de emergência ou estado de calamidade pública no Brasil, em 2014, devido a cheias e secas, também compõem o site. Sobre gestão, estão disponíveis dados sobre planos de bacias estaduais e interestaduais, que orientam o gerenciamento da água nas bacias; sobre planos estaduais de recursos hídricos, que traçam diretrizes para a gestão das águas do estado; e sobre comitês de bacias.  As outorgas de direito de uso em rios de domínio da União (interestaduais e transfronteiriços) também estão mapeadas.

Também a partir desta sexta-feira, 20 de março, a ANA lança o Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos – Informe 2014 com um Encarte Especial sobre a Crise Hídrica. O Relatório traz anualmente a melhor informação disponível sobre a situação e a gestão dos recursos hídricos no Brasil e o Encarte Especial da Crise Hídrica traz um panorama sobre a seca desde 2012.  O Encarte Especial sobre a Crise Hídrica, o site da Conjuntura e o Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídrícos – Informe 2014 estão disponíveis no site institucional da ANA, no seguinte endereço:  conjuntura.ana.gov.br.

Texto:Raylton Alves – ASCOM/ANA