Estudo revela que principal desafio de empresas no Brasil é saber como inovar

quarta-feira, 27 de maio de 2015

A inovação é um fator essencial para toda empresa que deseja ser competitiva. Mas, no Brasil, o principal desafio delas é assumir posturas e práticas gerenciais mais adequadas para conseguir inovar. A avaliação é resultado do projeto “Observatório de Novos Negócios”, que traz o levantamento de práticas, experiências e operações de novos negócios no mercado empresarial brasileiro, além de recomendações e medidas de política industrial para apoio à gestão da inovação no País.

Para enfrentar o desafio, o Observatório de Novos Negócios lista, entre outras sugestões, o direcionamento de recursos de organismos de fomento ou incentivos fiscais para projetos capazes de dar origem a novos negócios e que promovam cooperação entre pequenas empresas baseadas em tecnologia de ponta e grandes corporações de setores tradicionais.

O estudo foi realizado a partir de um contrato firmado entre a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e a Fundação Dom Cabral (FDC), executado entre 2012 e 2014. O documento reúne, entre outros itens, relatórios de acompanhamento das práticas de inovação realizadas no mercado brasileiro, fundamentados nas teorias mais recentes de desenvolvimento de novos negócios, especialmente nos modelos de inovação aberta e de empreendimentos de risco.

De acordo com o especialista da ABDI Cassio Rabello, o Observatório de Novos Negócios derruba o mito de que as corporações brasileiras não estão atentas aos temas ligados à inovação e à geração de novos negócios. “Pelo contrário, a pesquisa captou grande interesse no tema por parte das companhias. Porém, como pontuou um dos entrevistados, as empresas querem inovar, mas ainda não sabem exatamente como fazê-lo. Esse estudo contribui com o debate sobre os caminhos para a inovação”.

Para acessar o relatório final do projeto Observatório de Novos Negócios na íntegra, acesse este link.

(Agência Gestão CT&I, com informações da ABDI)