Ministros conversam sobre ações conjuntas em pesca e aquicultura

sexta-feira, 31 de julho de 2015

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo, recebeu, nesta quarta-feira (29), o ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho. Eles conversaram sobre possíveis ações conjuntas entre os dois ministérios.

Um dos principais pontos foi o recém-elaborado Plano de Desenvolvimento da Aquicultura, que tem como meta aumentar a produção nacional de pescado para 2 milhões de toneladas anuais até 2020. “O Plano abrange sete programas, e dois deles têm congruências claras com políticas do MCTI”, explica o secretário de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura, Felipe Matias. “São focados em desenvolvimento e implantação de novas tecnologias, com transferência de tecnologia.”

Um kit de cosméticos à base de algas foi entregue ao ministro Aldo como exemplo de possibilidades industriais a partir do cultivo de organismos aquáticos. “Também falamos sobre microalgas usadas para fabricar farinha com 80% de proteína, que pode ser transformada em sopa e utilizada na diminuição da fome e da pobreza”, conta Matias. “A atividade tanto pode gerar negócios como diminuir a fome com ações de governo, conjuntas.” Também participou da reunião o secretário de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social do MCTI, Eron Bezerra.

Fonte: MCTI