Capes rebaixa revistas científicas de má qualidade

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Má notícia para professores universitários, pesquisadores e pós-graduandos brasileiros que andaram publicando nos chamados periódicos predatórios, aquelas revistas acadêmicas que aceitam artigos sem os submeter previamente a uma rigorosa avaliação conforme os padrões tradicionais da comunidade científica, mas também sem deixar de lucrar cobrando taxas de autores.

Veja o texto na íntegra: Folha.com/Blog Maurício Tuffani