Academia de ciências americana quer taxa de carbono sobre poluidores

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Um grupo que reúne os mais importantes cientistas americanos pediu ao governo para tomar medidas drásticas para controlar o aquecimento global. Dentre as medidas propostas está o aumento do custo para o uso de carvão e petróleo.

A Academia Nacional de Ciências, uma organização normalmente apolítica, especificamente demandou do governo a instituição de uma taxa de carbono sobre combustíveis fósseis, classificando o aquecimento global como uma ameaça mundial urgente.

A academia disse que os EUA precisam reduzir a poluição entre 57% e 83% até 2050. A meta é próxima da proposta pelo governo Obama.

Além da taxa de carbono, a academia defendeu o uso de um sistema de limite de poluição, no qual as empresas poderiam poluir até um limite, mas teriam que comprar de empresas menos poluidoras créditos se quiserem poluir mais.

A academia nacional é uma organização independente que aconselha o governo em questões técnicas e científicas. Para cientistas, ser eleito membro da academia é uma grande honra.

FolhaOnline